Quaquié?!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Vidas Imperfeitas #1

Junho de 2009
Roteiro e Arte: Mary Cagnin
Preço: R$4,00
32 Páginas

Primeiro volume da série criada por Mary Cagnin, já comentado pelo Bozo, aqui! Além de querer comentar sobre o fanzine, creio que, embora minha opinião aqui seja semelhante à do Bozo, eu tenha ficado mais entusiasmando do que ele com o trabalho, a ponto de dar todas as estrelinhas que o mesmo poderia receber!

Vidas Imperfeitas conta a história de Juno Omura, conhecida por ser uma garota briguenta. E sim, ela faz jus à fama. Mas isso não é tudo. A história também trata de Daniel, que se interessa por Juno e resolve descobrir a pessoa que ela realmente é. Outros personagens são apresentados, mas creio que como plano de fundo desses dois personagens, afinal, a história foca no relacionamento dos dois.

A história é linda! É daquelas que têm momentos engraçados de verdade, momentos que nos deixam nervosos de verdade e momentos em que deixamos escapar um suspiro de tão emocionante que é a cena. Grande parte da história conta com a visão de Daniel sobre o que está ocorrendo. Essa foi uma ótima sacada, pois certas vezes esses pensamentos contrastam bastante com as imagens exibidas.

A arte de Mary Cagnin é diferente, bem feita, mas dá para perceber quando a autora capricha mais no desenho para passar expressões com mais intensidade. Certas vezes, alguns dos elementos da cena são feitos parecendo rascunhos. Isso acontece principalmente com os cenários, mas não prejudica em nada a apreciação da arte. Pelo contrário, apenas dá mais contraste para o que deve realmente ser visto.

Enfim, como o próprio Bozo disse em seu comentário, é uma história que dá o gostinho de quero mais. E foi justamente por ele ter falado tão bem sobre ela que eu me interessei em adquiri-la. E não me arrependi, apenas fiquei satisfeito de ter lido uma história tão boa.

6 comentários:

Mary Cagnin disse...

To emocionada [de novo].. vim correndo aqui ler o post logo dps q li seu email!! xD
Talvez o fato de eu ser uma leitora assidua seja pq eu acredito no blog.. acho q as pessoas têm q ler e falar mais sobre os fanzines, pq só assim nós iremos pra frente! Acho que já disse uma vez, mas mesmo se tivessem falado mal [e eu sei q ainda tenho mtaas falhas] eu teria ficado feliz pela crítica!
Bom, acho q é isso! Espero q o blog tenha longa vida, pq é bastante util, tanto para conhecer novos titulos, como para tirar algumas dúvidas sobre outros =)

BozoDel disse...

Puxa-saco! Mary, ele tá querendo te comer!

Mas que é uma hq bacana, é.

Eu não comprei o segundo número! D=

Ainda acho que você podia buscar alternativas de distribuição e

Alemão disse...

Bozo...
Primeiro... obrigado por assustar nossa leitura assídua e ameaçar o meu namoro... ¬¬
Segundo... eu te empresto o segundo número assim que nos virmos novamente!
Terceiro... "buscar alternativas de distribuição e..."?

Estranho disse...

O grande charme de frases inacabadas é que

BozoDel disse...

1º O importante é semear o caos. E não tenho culpa se você não se garante.
2º Não quero emprestado, quero comprar.
3º O Estranho entendeu! Mas devo a mania de frases incompletas à minha amiga Ma Ma Ma Ma, Ma Baker, she taught her four sons...

Mary Cagnin disse...

BozoDel é o destruidor de lares...