Quaquié?!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

HQ - Revista do Quadrinho Brasileiro #5


Escala/Opera Graphica
R$ 3,90
80 páginas

Showtime é sobre escravidão e liberdade, sobre amor. Com exceção do final, a história é meio chata, e a narrativa, pesada. E é curioso ver como a arte de um mesmo autor pode variar entre belíssima e "eca" em uma mesma HQ.

Você Não Pode Acordar é só um prólogo, mas parece aproveitar bem a idéia da Zona Orgânica e a arte é boa, apesar de um mau aproveitamento de página.

Dinastia também é introdutória, só que mais broxante que a anterior. Não sei por onde começar a falar mal... parece filme de fantasia da Sessão da Tarde, só que muito ruim. A arte (nem sempre) acerta nos detalhes e erra no básico.

Nova Lágrima: Eternidades é a segunda parte da história, e me dói não ter lido a primeira. A arte tem um quê de Dave McKean, só que mais esfumaçado. A concepção de mundo é fenomenal, a história é profunda e bem amarrada. Cazzo, quero ler a prmeira parte.

Sangue, apesar de ser do Shima, com a narrativa característica, foi do meu agrado. A colocação das cenas tem um efeito bacana e o desfecho surpreende.

Na seção Arte do Leitor, o editor comenta a HQ mandada por um leitor (dã). A HQ Bestas é um caso curioso. Não é realmente excepcional, mas tem vários erros (e mesmo "erros") apontados. É curioso porque a revista às vezes publica coisa pior.

M.A.R.C.I.O. e A Revolta dos Cartuns, duas de uma página sobre a profissão desenhista. O segundo é melhor que o primeiro.

Guerrilha é soberbamente desenhada e tem final surpreendente.

Sangue Azul é tosca, sobre vampiros.

Um comentário:

Alemão disse...

"É curioso porque a revista às vezes publica coisa pior."
Curioso, mas comum. Afinal, eu também critico muita coisa aqui no Quaquié?! e produzo coisa bem pior! XD